sábado, 30 de maio de 2015

Casar com pouco dinheiro?

Hellow  noivinhas! Tudo bem com vocês? 
Hoje o assunto é ECONOMIA! Pois bem, quem de vocês já se arriscou a fazer um "orçamento" para seu casamento? Talvez todas muitas devem ter se assustado com o alto valor não é verdade?

Uma boa pergunta que me fizeram foi a seguinte: Por que um casamento é mais caro que um aniversário ou outro evento? Boa pergunta não é verdade? E eu digo para vocês a resposta. Quantos casamentos uma pessoa normal irá realizar? Um não é verdade? (Eu creio haha) e agora, quantos aniversários? Muitos (eu também creio, amém?), sem falar em todo sentimentalismo que está em torno disso. 

Mas chega de blá blá e vamos logo ao ponto. O fato é: NÃO TEMOS DINHEIRO e queremos casar e aí?

Bem você tem duas opções:

  1. Casar; ou
  2. Casar!
Isso mesmo gente, falta de dinheiro não é desculpa para não casar e eu vou mostrar como é possível você parar de perder tempo ou então de ser enrolada porque não tem dinheiro!

Vocês já conhecem o Consulado da Mulher?

Ação social da Consul que assessora mulheres de baixa renda para que, com sua atividade empreendedora, possam melhorar sua qualidade de vida.

"A dificuldade em encontrar fornecedores e serviços que caibam na realidade financeira da maioria dos casais brasileiros é cada dia maior. Pensando em oferecer serviços de qualidade, transparentes e com preços justos, garantindo a remuneração correta e o consequente desenvolvimento de toda a comunidade, dois negócios liderados por mulheres têm se destacado na especialização de eventos corporativos, casamentos e bufês.

Sabor Mineiro Uai nasceu em 2007, em Minas Gerais, com apenas cinco mulheres fazendo pães e bolos. Lideradas por Xica da Silva, as 25 mulheres que hoje compõem a rede trabalham para atender a diversos eventos, como festas, reuniões, encontros e casamentos. Com o auxílio do Consulado da Mulher, que doou freezers, fogões e geladeiras, Sabor Mineiro Uai pôde oferecer um serviço de bufê completo e de qualidade, com doces e salgados para casamentos de até 500 pessoas, cobrando um valor justo e abaixo do que é encontrado no mercado

O mesmo ocorre com a Rede de Alimentação União dos Sabores Solidários, formada em 2011 e que reúne cerca de 90 mulheres ligadas a 14 empreendimentos de várias regiões da Grande São Paulo e Cubatão, prestando serviços de coffee-breaks e bufês, além de brindes corporativos e realização de eventos. Com a divisão de grupos e das tarefas, a produção aumentou, o que também permitiu o atendimento de uma gama maior de clientes a preços totalmente acessíveis.

Para conhecer mais o trabalho do Instituto Consulado da Mulher, que há 13 anos transforma sonhos em realidade, acesse o sitewww.consuladodamulher.org.br

0 comentários:

Blogueira

Blogueira

Sobre

Quer casar e não sabe por onde começar? Está com pouca grana para o grande dia? Acompanhe nosso blog e tenha várias ideias que cabem no seu bolso. Afinal o importante mesmo é o amor, mas a data não pode passar em branco!

Seguidores

FanPage

Populares

Tecnologia do Blogger.